Sobre o ano novo

Ano passado, dia 30, eu já tinha comprado todas as bebidas para a comemoração do ano novo lá no apartamento no Cristo Redentor.

Dia 31 foi homérico. Acho que boa parte do pessoal sabia que a comemoração do ano novo seria a última dos próximos 4-5 anos com todos ali presentes, e foi sensacional. Claro, a Lucia preferiu ir no Beco. Perdeu.

Comemoramos o ano novo até o dia 2. As fotos provam. Ninguém passou mal. Todo mundo se divertiu, e o consumo de bebidas alcoolicas foi muito acima do recomendável. Acho que foi uma das melhores festas da minha vida.

Portanto, não estou com grandes expectativas com relação a superar o ano passado em matéria de festa. Mas é estranho pensar em 2007, que para mim foi um adendo ao ano de 2006 – uma espécie de repetição, desta vez para dar certo. Ano bizarro este que está acabando, mas interessante.

No fim das contas, é o melhor que a gente não pode esperar.

____

Em tempo:

aproveitei a insônia para arrumar o /About.

Comments
One Response to “Sobre o ano novo”
  1. Virgula disse:

    Eu lembro que quando vc chegou aqui em janeiro era falando desse lendario ano novo 2 dias xD

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: