The Mars Volta::The Bedlam in Goliath

I-started-to-feel-a-miscarriage-come

Serei curto.

Eu nunca gostei de virtuosos pela virtuose. Bandas tipo Dream Theatre, Yes, estas merdas, sempre me deixaram meio entediado. Tipo de coisa que qualquer guri de cinco anos bem treinado sabe fazer.

Daí minha fascinação com Mars Volta. Eles são uns animais. Tocam absurdamente. Em velocidades que desafiam a compreensão humana e tempos que só existem em lugares entre Utopia e a Terra do Nunca. Mas eles não são o Dream Theatre, ah não.

Mars Volta é estupido porque é chapado. Ridiculamente chapado. Acho que é a primeira banda a desafiar Primus em termos de dementes-tocando-como-jesus-numa-viagem-de-ácido.

O album novo continua nesta tradição, e leva o Acid Rock para novos parâmetros – demorei para me decidir sobre o que pensava do album, agora me decidi: é genial. E eu tenho certeza que o baterista tem quatro braços e cinco pernas.

Comments
2 Responses to “The Mars Volta::The Bedlam in Goliath”
  1. Nato disse:

    Theater.

    Eu meio que me saturei de dream theater.
    mas tu não podes falar do yes.
    mars volta é um yes menos doente.
    :)
    :********************************

    the truth is the truth, and all you can do is live with it.
    saudades.

  2. moche disse:

    Eu tb não vejo tanta distância entre Yes e Mars Volta.

    Aliás, a comparação PROIBIDA nem vou evocar, com aquela banda com nome de engarrafamento. :)

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: