Palhaçada

A Clinton tá determinada em ser a candidata. Eu diria, determinada demais. Voltou o papo de botar os delegados da Flórida e de Michigan na roda, o que tem todo o cheiro de apelação. Eis o que disse a Clinton:

“I’m going to let the leadership of both states see what they think is the best approach,” Clinton told reporters in Washington. “I think that it would be a grave disservice to the voters of Florida and Michigan to adopt any process that would disenfranchise anyone and I’m still committed to seating their delegations and I know that they’re working with the Democratic party to determine how best to proceed.”

Lindo. Exceto que só ela botou o nome no ballot em Michigan, e só ela fez campanha na Flórida. Que diabos é esta história agora de querer colocar estes delegados na jogada aos 47 do segundo tempo? Bom, para quem quer entender o engodo, é uma boa ler aqui e aqui. O artigo do Wolf Blitzer, na CNN, sobre a questão econômica em jogo no encaixe destes estados na primária democrática, também vale a leitura.


AddThis Social Bookmark Button

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: