Suposições

Hoje foi um pouco chato acompanhar o noticiário político. Além de algumas suposições, e esta ou aquela gafe do McCain, alternando com alguma polêmica da agenda da Hillary que foi divulgada, a única notícia com potencial para se tornar um escândalo é a história da investigação não-requisitada do passaporte do Obama, que certamente vai feder para alguém na imigração – já que houve nítida quebra de sigilo e privacidade.

Além disso, tem um bocado de pesquisas que sairam entre terça e quinta-feira. A que pode repercutir é a do Gallup, que indica a liderança da Clinton em 7% no geral dos Democratas, mas mesmo assim, quando tu começa a ler as peculiaridades destas pesquisas, e o quanto elas variam de um dia para outro, a coisa parece de uma surrealidade ímpar. Por exemplo, o argumento é que esta pesquisa indica a perda do Obama por causa do discurso do Wright, mas ainda não repercute a resposta que o Obama deu ao assunto; além disso, tudo indica que não vai rolar o re-call da votação em Michigan e Flórida, o que realmente deixa a Hillary em uma situação onde ela precisa de 75% dos votos que ainda estão para serem contados; e do cha-la-lá nos super-delegados.

It has been apparent for some time that Clinton’s best strategy – perhaps her only strategy – is to win lop-sidedly in Pennsylvania, then rack up a string of late victories in North Carolina, Indiana, West Virginia, and Kentucky so that she could argue that while still behind in pledged delegates, she had won the second half of the season and the two candidates were basically tied. […] (…) Even if she were to win all of the states above, the lack of new votes in Florida and Michigan would mean the campaign would end with Obama still ahead in delegates, states, and total votes.[…](…) If at the end of the day, the re-dos disappear in Michigan and Florida, Clinton still has one hope – and not a very appealing one for anybody: That because of the Reverend Wright affair, the bottom completely drops out for Obama and he loses big not only in places like Pennsylvania and Indiana but also in North Carolina, where he has been ahead. That is a scenario that would bring shutters to much of the country that has a more elevated view of what America is all about.

Pura suposição, portanto. A coisa vai começar a ficar menos indefinida quando a eleição na Filadélfia estiver no horizonte. O consenso, no entanto, é que Obama teve a pior semana desde o início da eleição, e que se ele conseguir segurar o dano até a Filadélfia, a coisa tá de bom tamanho – o que eu sinto é que existe muita gente apostando que a coisa pode sair do controle entre esta e a próxima semana, especialmente se a perda no percentual geral do Obama não for “estancada”.

Bem, eu tinha avisado que ia ficar feio.


AddThis Social Bookmark Button

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: