AIDS, Medicare e Privacidade

Algumas notícias que, no meu entender, estão relacionadas:

1) A Vacina contra a AIDS tá dando errado. Os resultados indicam que a vacina aumenta a exposição ao virus, e que talvez seja o caso de descontinuar a pesquisa – ou investir o dinheiro de forma diferente, até porque a grana tá curta, e se a vacina for de fato desenvolvida, dificilmente vai dar para sair distribuindo para todo mundo; o que nos leva ao segundo ponto.

2) O Medicare tá um caos pior que o SUS, em muitos sentidos. O sistema de saúde público americano simplesmente inexiste, e o Medicare, que é uma espécie de plano de saúde especial e a única coisa parecida com um sistema público que eles têm aqui, tá indo para o saco; e certamente o fato de 2/3 dos candidatos terem lobby pesado da indústria farmacêutica não ajuda muito no prospecto:

Medicare, the program that pays for medical care for 37 million Americans aged 65 and older and 7.2 million disabled Americans, is going to be insolvent in 11 or 12 years

Com isso, fica o problema de o que pode ou não pode ser protegido pelo sistema público de saúde, e que tipo de informações tanto o governo quanto os planos privados podem ter sobre o teu estado geral de saúde quando tu assina um plano. O que nos leva para o terceiro ponto.

3) Como fica a privacidade do sujeito com relação ao seu “perfil” de saúde? Tem alguma? Ou já que a grana é limitada, se tu pretende ter cobertura tu tem que abrir teu histórico médico para a parte (pública ou privada) que tu pretende que assegure tua saúde em caso de emergência? E a partir da posse destes dados, quando eles podem ser divulgados?

Para o Editorial do NYTimes isso é difícilmente um dilema:

There should be a federal law imposing strict privacy safeguards on all government and private entities handling medical data. Congress should pass a bill like the Trust Act, introduced by Representative Edward Markey, a Democrat of Massachusetts, imposing mandatory encryption requirements and deadlines for notifying patients when their privacy is breached. As the N.I.H. has shown, medical privacy is too important to be left up to the medical profession.

Eu tô falando, é uma via dupla esta tal de biopolítica.


AddThis Social Bookmark Button

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: