Fogo, tortura e Bush

Bush atinge nível recorde de impopularidade.

28,3%. Mas não tem importância, grandes homens sempre foram impopulares, né Bush? É a mesma coisa com esta história de “””tortura””” este bando de gente fica falando que isto é um abEsurdo, coisa desproporcional, mas francamente, its no big deal:

“Well, we started to connect the dots, in order to protect the American people.” Bush told ABC News White House correspondent Martha Raddatz. “And, yes, I’m aware our national security team met on this issue. And I approved.”

Gurizada: ele aprovou pessoalmente práticas que até o McCain já reconheceu em público se tratarem de tortura. O presidente dos estados unidos-aprovou-tortura-como-meio-de-interrogatório. Em 2002. Ele aprovou porque era necessário para a segurança duzamericano. E daí?

Thanks to ABC News and the AP’s follow-up yesterday, we now have a very good idea of how the U.S. began to torture detainees in early 2002, even before the Justice Department had officially blessed the techniques by way of the infamous August, 2002 memo by John Yoo.

Vale ler o follow-up na Talking Points Memo.

Ah sim, o Powell também acha que o pessoal tem que sair do Iraque. Aos poucos. Mas tem que sair. E começar a sair logo. Não que alguém nesta administração vá escutar o Powell.

Enquanto isso, os headquarters da Clinton em Indiana pegam fogo. Seria um aviso divino?


AddThis Social Bookmark Button

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: