Hair, e o inferno das boas intenções

Hair, o fime, foi dirigido por Milos Forman, baseado na peça da Broadway que tentou reproduzir o movimento hippie – sem o fedor de suor.

Age of Aquarius tem uma linha de baixo assustadoramente boa:

Let the sunshine não sai da minha cabeça, culpa de um comercial que usa a música – e que motivou a procurar este clipe.

Preciso admitir, eu estava gostando disso.

Mas daí até eu alegar que isso é bom, são outros quinhentos. Claro que não é. Representa toda a falência de 1968, todo o idealismo fracassado e tal. Mas o que eu posso dizer? Detesto musicais, mas a vocação soul destas músicas me ganha – pelo simples motivo que eu adoro soul music.


AddThis Social Bookmark Button

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: