Fight!

“A modificação da sensibilidade em intencionalidade é motivada pela própria significação do sentir, enquanto para-o-outro. Pode-se mostrar o nascimento latente da justiça na significação; justiça que deve se transformar em consciência sincrônica do ser, presente num tema, onde  a intencionalidade mesma da consciencia se mostra. […] Desde então, todo o psiquismo se deixa interpretar como saber.”[Levinas, AE, 115)

“Aqui, procura dizer-se a incondição do sujeito, que não tem o estatuto de um princípio. Uma condição que confere um sentido ao próprio ser e acolhe a sua gravidade: é como repousante sobre um Se que suporta todo ser, que o ser se recolhe em unidade do universo e a essência se recolhe em evento. O Se é Sub-jectum: é sob o peso do universo – responsável de tudo. A unidade do universo não é o que o meu olhar abraça na unidade da apercepção, mas aquilo que todos os lados me toca, me diz respeito, me acusa, é meu problema” [Levinas, AE, 183]

“(…) o Infinito significa a partir da responsabilidade por outrem, do um-para-o-outro, de um sujeito que suporta tudo – sujeito a tudo – que sofre por todos, mas encarrgado de tudo; sem ter tido que decidir deste tomar a cargo que se amplifica gloriosamente à medida que se impõe. Obediência precedendo toda a escuta do comando. Possibilidade de enconrtar, anacronisticamente, a ordem na própria obediência e de receber a ordem a partir de si mesmo – esta inversão da heteronomia em autonomia é a modalidade segundo a qual o Infinito ocorre” [Levinas, AE, 232]

“Upon analysis, reference to some immanent law or cause (…) will be found to be a lazy cloak for our ignorance of the specific facts needed to deal successfully with the question” (Dewey, Pragmatic Metaphysics, 2]

Dewey wins! FATALITY!

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: