Eduardo Galeano e a verborragia

Eduardo Galeano comenta a eleição de Obama. Escreve um monte de coisas bonitinhas. E não diz nada.

Acho que o Galeano podia fazer um favor e só falar de futebol, que disso ele fala bem. O mestre do coitadismo latino americano agora vem chorar as pitangas falando da eleição americana. Francamente. Pega as tuas hopes and fears e enfia.

(sim, eu tô de mal humor, tu também estaria com o prospecto de terminar tua sexta feira ouvindo uma crítica da Política Externa Americana para a fome baseada em Confúcio)

Comments
One Response to “Eduardo Galeano e a verborragia”
  1. O primogênito disse:

    EU gosto do Galeano. não te surpreende, claro. Gosto não do que tu chama “coitadismo”, mas daquilo que eu aprendi ser “a visão dos perdedores”.
    Talvez uma certa nostalgia do tempo em que a história ainda não tinha terminado.
    francamente… mau humor tô eu… no domingo tendo que adaptar minha mente para as maravilhas do empreendedorismo e de como a inovação vai refundar o capitalismo.

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: