Enquanto isso, no P.R.Center

Fabricio: Hi, professor, I believe we haven’t been introduced.

Professor: Plelou, Plou Plari Piu?

Fabricio: Very well, very well. My name is Fabricio, what is yours?

Professor: Eoun Li-Ryu

Fabricio: Pease to Meet You, Professor Ryu. [Traducao: SHORYUKEN!]

Professor Ryu: Prapriprprio?

Fabricio: No, its FA-bricio

Ryu: Prapripril?

Fabricio: Its FA-BRI-CI-O

Ryu: Ahhhh! Pli Plegt It now! Plablipliciun?

Fabricio: FABRICIO, with an EF!

Ryu: AHHHHH! PLABLIPLIOUN, light?

Fabricio: Yeah, right.

(quinze minutos depois)

Ryu: Plas plis plar Family Name? [tradução: HADOOOOKEN]

Fabricio: Pontin.

Ryu: Ahhhh, PLONTLIN pleasir than PLABILPILTIU. Plill plall iu PLONTLIN, ok? OK!

Fabricio: Oukey.

(meia hora depois)

Fabricio vai escovar os dentes. Percebe, ao chegar na porta, que deixou a chave dentro do escritório (que agora está trancado). Fabrício pensa em 1) Chorar. 2) Se matar. 3) Passar na sala da reitoria, que fica aqui do lado.

Ao chegar na sala da reitoria, o REITOR da FACULDADE DE CIENCIAS HUMANAS se encontra de papo com a secretária. Após me chamar pelo nome (medo), ele pergunta se preciso de algo, eu digo “ahn, eu me tranquei do lado de fora”. Ele dá uma gargalhada, pega a chave mestra (ele é o reitor), e vai fazendo piada comigo até a porta. Chegando na porta, o Steinbock está saindo, junto com o Steinbock Jr., de dentro da sala. Resultado: todos podem em conjunto rir do fato de como estudantes de filosofia são atrapalhados.

Enfim, eu devo ter nascido para estas coisas.

Comments
14 Responses to “Enquanto isso, no P.R.Center”
  1. Tatiana disse:

    Bizarro mesmo seria se ele tivesse te chamado de APARÍCIO. :P

  2. Ferrari disse:

    Duas letras exprimem minhas emoções
    VA

  3. Renata disse:

    eu roooleeei de tanto rir…. “plablipliciun” é o novo preto! :D Ou seria o teu nome de gladiador? De qquer forma, penso q temos um novo apelido a altura de aparicio…

  4. G.D. disse:

    a CHAVE MESTRA…

    bah.

    Queria ter uma.

  5. Ferraru disse:

    Esperando pela chave doutora

  6. Renata disse:

    Plá, plo que eple ploplessor plala a plingua do “Ple”? Ele é da Ploleia?

  7. Plim, plé plá Plopléia.

  8. Renata disse:

    plama eple de plinês, plor plinganplinha….

  9. Ferraru disse:

    A prova que o Fabrício é gay: ele fala a língua do P. Nenhum homem entende a língua do P

  10. Renata disse:

    em tempo: O fabricio é poliglota, ou plopliglopla

  11. Crib Tanaka disse:

    aahahhaaha. PLAMEI

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: