Uma década no cinema

Bom, minha primeira década adulta no cinema foi bem bacana! Entre outras coisas, dois filmes icônicos (Lord of the Rings e District 9), a decadência de Woody Allen, a inoperância do Tarantino para além de fazer graça e o surgimento de uma geração nova de cienastas bem bacanas. No entanto, grande parte dos filmes que eu mais gostei foram feitos por cineastas veteranos e/ou estabelecidos. Alguns filme que eu realmente gostei ficaram de fora, mas no fim das contas esta é a lista que eu consigo pensar agora.

No Cinema:

10) 25th Hour
9) The Hurt Locker
8) District 9
7) Mystic River
6) A history of violence
5) Les invasions barbares
4) La mala educacion
3) No country for Old Man
2) Volver
1) There will be blood
0) Lord of the Rings (não conta, nem rankeia. Não é um filme, é um evento cultural. Chegamos na fila cinco horas antes e acho que ficamos em primeiro lugar, isso depois de ver a versão extendida dos primeiros filmes e passar sete horas dentro do cinema. O grupo de amigos com o qual fui assistir chegou a aplaudir de pé uma ou duas cenas e 2/3 dos marmanjos presentes choraram feito menininhas no final. Entendam).

Na TV:

5) Kings (NBC filha da mae)
4) The sopranos
3) Weeds (as duas primeiras temporadas)
2) The Wire
1) Angels in America

Comments
5 Responses to “Uma década no cinema”
  1. Tatiana disse:

    Esqueceu de “Rome” e “The Tudors” nas séries de TV. :D

  2. Ferrari disse:

    Pô, nenhum Batimão?
    E concordo com a Tati, não se esqueça das séries históricas! (E eu adicionaria Carnivale nesa tbm).

  3. G.D. disse:

    “A history of violence” seria aquele – FRACO AFU, na minha humilde – do Cronnenberg?

    ADEMAIS: fui comprar um violaozinho baby na Multisom e uma tv da loja passava un dos Lord of The Rings (aquele em que o exercito de mortos tenta invadir a cidadela/fortaleza, nao lembro de o II ou o III). Lembrei que tinha esquecido de comentar aqui

    Cara, achei extremamente divertida a serie e assisti TODOS no cinema, em datas muito proximas às das estréias. Mas pra esse escândalo todo que tu fez na lista, PTTFFFFSSSSS :)

    Além disso, não é pra chorar. Não é mesmo.

  4. É este mesmo, GD. Eu gosto muito do Cronnemberg, gosto do estilo dele e da forma que ele filma. E gostei do roteiro, afu. Achei muito bem adaptado da HQ.
    Acho que o Cronnemberg trabalha bem estas tensões americanas. Crash, A History of Violence, A Mosca… são todos filmes muito bons e filmes com o dedo no pulso do país. Enfim, é gosto.

    Reza pro pessoal não inventar de cair na tua garganta com teu comentário sobre LoR. :P

  5. Outra coisa, o zerinho do LoR (hehe) é referência não à superioridade do filme. Mas o que o filme representa. É tipo um Star Wars, saca? Tem que reconhecer isso, isso é coisa que acontece uma vez a cada vinte anos.

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: