Paranoia skyline

Sábado resolvemos que o dia estava bonito demais para ficar em casa e resolvemos sair para beber algo em algum lugar aberto. Bueno, até aí nada de mais. Fomos até Cobden, em uma pizzaria, depois num bar qualquer onde a cerveja era mais barata (para os que estavam bebendo). Bar fechando (meia noite) e resolvemos continuar o papo no pátio do prédio.

O céu aqui em Carbondale costuma ser bem aberto. Então tu consegue ver todo tipo de satélite de noite. Via de regra, tu também consegue ver os aviões passando – tem dois ou três aeroportos para aviões de pequeno porte na região. Acontece que a região também tem cinco ou seis bases militares, incluindo uma das maiores do país, perto de St Louis, e um complexo industrial-militar, no Alabama, que é o centro onde se produzem boa parte dos mísseis norte-americanos.

Pois bem, não é anormal tu estar feliz e contente no pátio de casa quando do nada tu começa a ouvir um barulho de vento. Opção um: é vento. Opção dois: ah, puta que pariu, é tornado. Opção três: que merda é aquela no céu?

Fico triste em comunicar que, via de regra, a merda em questão não é o super-homem (eu sei, chato. Muito embora metropolis fique aqui perto). Não, geralmente é um helicóptero absolutamente gigante que fica dando voltas no perímetro de Southern Illinois (certamente usando o delta dos rios Ohio e Mississipi como referência).

O mais divertido é que tu te pega especulando sobre chemtrails, abdução e sobre programas secretos do governo, trabalhando em conjunto com empresas de alta tecnologia. Claro, quando pessoas envolvidas estão alteradas por um tanto de cerveja a coisa rapidamente vira uma discussão nefasta sobre se estamos vendo um helicóptero militar (óbvio) ou um disco voador (Caetano Veloso).

Exemplo,

“porra, voces tao ouvindo isso”

“deve ser o helicoptero de novo”

“nada cara, olha só as árvores mexendo”

“velho, isso é o vento”

“nada, cara”

“velho, os bixo até pararam”

“meu, é vento”

“olha ali no fundo, cara”

“sim, isso é o helicóptero”

“não sei hein”

“é”

“cara, não sei. isso ae pode ser iuéfou” (iuéfou -UFO, OVNI)

“não. é um helicóptero. a gente já viu essa naba um milhão de vezes passando por aqui”

“mas véi, não tem nada aqui”

“cara, treinamento militar. país em guerra. para de viajar”

“não, cara. presta atenção na rota”

“não. é um helicóptero”

“rota, velho”

“tá, chega de cerveja”

Dia seguinte, domingo. Mais cerveja. Dessa vez, voltando do bar no meio do nada onde decidimos comemorar que minha digníssima esposa havia terminado uma parte importante da tese dela. Voltando de carro por uma estrada de mao dupla, começa vum-vum-vum-vum.

– Essa merda tá seguindo a gente. haha.

– haha imagina só.

– haha.

– cara, sério.

– bah.

– tá, parem.

– não, velho. sério. e se tiver.

– parem.

– tá, cara. o que impede?

– impede que esse troço vale mais que a divida interna de Illinois, e não tem nenhum sentido ele seguir uma lata velha cheia de estudantes de humanas (e.g.: eu, tati, ana paula e um canadense)

– não sei, cara.

– parem.

——-

Daí, agora tô no computador falando com o canadense *eu sou SPAAARTAAAAA*.

(10:50:01 PM) don: do you hear gunshots or fireworks?\
(10:50:07 PM) SPAAAARTAAAAA: (YES)
(10:50:11 PM) SPAAAARTAAAAA: (FUCK)
(10:50:20 PM) SPAAAARTAAAAA: I think it was fireworks
(10:50:25 PM) SPAAAARTAAAAA: maybe a storm
(10:50:34 PM) don: i don’t think a storm
(10:50:34 PM) SPAAAARTAAAAA: didn’t sound like bullets for me
(10:50:44 PM) don: i think fireworks
(10:51:44 PM) SPAAAARTAAAAA: or the chopter
(10:52:48 PM) don: yeah i thiought that
(10:52:51 PM) don: black water

—-

Pronto, era isso que eu tinha pra dizer.

P.S.: eu posso ter alterado os diálogos para efeito dramático. Não me arrependo de nada.

Comments
3 Responses to “Paranoia skyline”
  1. Tati disse:

    CHOPPER, não chopter.

    Impressionante, tem que ensinar tudo pra essa galera. :P

  2. Ferrari disse:

    1 – Não sei o que é menos crível. Chemtrail ou o Fabrício dizendo indiretamente que estava bebendo cerveja
    2 – All your base are belong to us
    3 – Das pequenas mentiras que se fazem as grandes verdades, né, Baudolino?

  3. 1) Nao bebi ceva. Por transitividade, chemtrail.
    2) http://upload.wikimedia.org/wikipedia/en/0/03/Aybabtu.png – aoeguaoguaeg. pior meme.
    3) Nao teve mentira alguma. Apenas alterei os dialogos por amor ao drama (e tambem pq todos os originais tariam em ingles. E tambem pq tenho preguica de traduzir) :P

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: