Mais um post lá no distropia

Dessa vez, é meu: É claro que existem boas razões para definir o domínio de atuação do processo ao processo em si. Mas também as mesmas razões podem nos dar motivos para ser cético sobre a pena de morte. Uma constituição de verdade tão frágil, tão dependente de testemunhos que, por definição, são falíveis, não … Continue lendo

Banalizando a Morte

Este blog tem se ocupado com coisas bastante importantes ultimamente, tais quais o passarinho do Francês, o pilão contra Satanás e reflexões acerca da racionalidade-Zumbi. Depois de elaborar um pouco em cima destes temas densos e quase insuportáveis, vou para um interlúdio mais palatável. Qual seja, a execução de um jovem americano pelo estado do … Continue lendo